Quinta-feira, 24 de Abril De 2008

Noite fiel companheira

      Olá! Cáestou mais um serão para escrever mais um soneto para vos oferecer espero que gostem, então aqui vai.
                                     
                               Noite
                                 
Noite! És a  minha confidente
Nas longas horas, que passo sem dormir
Só a ti é que me atrevo a pedir
Que me oiças, e que sejas paciente
 
                              
Ó noite! Tu és boa conselheira
Só tu sabes, ouvir os meus lamentos
Só tu conheces bem, meus pensamentos
E por isso te agradeço! Ó companheira
                           
Só á noite, tiro a máscara do rosto
Só á noite eu sou "Eu" e não de dia
Só á noite é que vivo livremente
                         
Porque á noite, faço tudo o que gosto
A escrita ,é a minha companhia
E faz de mim, o que eu sou realmente
 
 
                       M-I-P
                                                                                                                                                                                 
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 21:35
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro De 2008

Libertação

  Boa noite a todos!Hoje não vou falar quase nada, vou apenas partilhar convosco uns versos que fiz esta tarde.
 
              
Libertação 
                              
Minha sorte não deixou
Que eu tivesse juventude
Mesmo assim eu aqui estou
E fiz aquilo que pude
                          
Tive a vida bloqueada
Durante anos a fio
Não podendo fazer nada
Para encher esse vazio
                        
Consegui a libertação
Anos e anos depois
Encontrei a solução
E o melhor para nós dois
              
Compreenção e carinho
Foi o remédio que achei
Para seguir meu caminho
E Amar quem sempre Amei
                 
  
   M-I-P                                                                                                                      
  Por hoje chega     para quem me visitar 
 
                 
 
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 22:23
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 06 de Fevereiro De 2008

Onde está a sorte

Olá cá estou eu a lutar contra a »Net« perco imenso tempo porque a net está sempre a ir abaixo não sei porquê, já estou a ficar aborrecida com isto.

Mas mesmo assim a inspiração ainda vai aparecendo, Hoje saiu-me  isto espero que gostem.

                             

Chamei por ti

                     

Sentada esperei por ti

Mas tardavas a chegar

Foi então que percebi

Que só vens  se eu te chamar

                      

Foi então que me lembrei

Como eras distraída

E então chamei! chamei!

Mas por ti não fui ouvida

                     

Que andas tu a fazer

Que não ouves quem te chama

Não te custa ver sofrer?

Alguém que por ti reclama?                                                          

                                        

Olha p'ra mim! Não te vás

Ó sorte sem coração                                                           

Será que tu és capaz?

De me deixar na ilusão?

Por hoje chega um xi para todos os meus visitantes                                                                    M-I-P                                    Hoje descobri mais uma brincadeira

sinto-me:
publicado por linhaseletras às 22:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Janeiro De 2008

Estrada da vida

  Olá tudo bem! hoje também não vou falar muito, agora que descobri  a maneira de enviar imagens, elas falam por mim e falam  muito bem não acham! elas conseguem transmitir os meus sentimentos e isso poupa-me muitas palavras e resulta muito bem.

Hoje escrevi este poema espero que gostem.

                      

Estrada da vida

                 

Pela estrada da vida

Já andei muito sem rumo

Esperando encontrar saída

E a esperança desfez-se em fumo

                          

Procurei felicidade

Carinho e compreensão

Mas o que tive em verdade

Foi pura desilusão

                 

A vida não é assim

Nem nós mandamos na vida

E esta vida para mim

É uma vida fingida

               

Finjo ser feliz! Não sou

Nem tenho o que mereço

Tenho de estar aonde estou

E ás vezes nem me conheço

 

Um  Para quem me visitar, até amanhã

 

 

publicado por linhaseletras às 22:19
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro De 2008

Consegui

 Parece que consegui o que queria, agora só peço a quem for ao meu blog me diga se está alguma imagem, agora vou escrever uns versos a condizer com as imagens

Feitiço da lua

Ó lua redonda e bela

Que alegras a noite fria

Vista da minha janela

A tua luz tem magia

                    

Tem magia e tem segredos

Que eu queria desvendar

Também esconde alguns segredos

E histórias de encantar

               

Namorados ao luar

Trocam promessas! Desejos

Prometendo muito Amar

Selando o Amor com beijos

          

Lua tu és confidente

De todo o apaixonado

No momento doce e quente

Por ti é enfeitiçado

E agora chega  boa noite

espero que tenha conseguido  

M-I-PATA

sinto-me:
publicado por linhaseletras às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31