Domingo, 23 de Março De 2008

Domingo de Páscoa

Olá ! cá estou eu para vos deixar mais uns versos
 
Hoje tive cá a minha neta Joana que me esteve a ensinar mais uns truques de informática, qualquer dia vou mostrar-vos uns trabalhos que eu faço em ponto de cruz que é um outro vicio que eu tenho, e que agora está um pouco de parte por causa desta novidade do «PC», mas tenho que começar outra vez porque é uma coisa que eu gosto muito.  Mas agora vamos aos versos.
                        
         Se eu fosse um pássaro
                             
Se eu fosse um pássaro, voava
Para lá do infinito
Para soltar o meu grito
E não sei se regressava
                       
Se eu fosse um pássaro, cantava
Uma eterna melodia                 
Toda a noite e todo o dia
E  ninguém mais me calava
                                                                                                     
                
Como pássaro não sou
 Nem sei cantar nem voar
Apenas busco harmonia
                                    
Nunca sei para onde vou
Nem sei se quero regressar
Para esta vida vazia
                                                                                                                                  
 
    M-I-P                 
publicado por linhaseletras às 22:11
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Janeiro De 2008

Domingo cinzento

Que dia tão triste e melancólico, mas eu gosto deste tempo, que tem muito a ver comigo, e hoje como não deu para secar a roupa fiquei com mais tempo para fazer o que realmente me dá prazer, ou seja escrever e andar a bisbilhotar os outros blogs. 
Mas também me deu para fazer uns versos a condizer com o dia, e que como já é hábito vou partilhá-los convosco           
 
 
 
Melancolia
     
 
 
Que dia triste e cinzento
Como eu neste momento
Me estou sentindo também
Só o sol traz calor
Com ele vem o Amor
Que tanto brilho contém
                    
Embora eu goste do dia
Com esta melancolia
Que se parece comigo
Também sei compreender
Que não pode só chover
Se for demais! é um perigo
                   
Com conta ,peso e medida
Como em tudo na vida
Sem excepção da natureza
Só assim nós viveremos
Felizes também seremos
Vindo da terra riqueza
 
 
 
Agora vou jantar  E depois vou tomar  
 
 
São servidos  
 
 
 
 
 
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 20:02
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31