Quarta-feira, 05 de Março De 2008

SOL

Ol à c à estou eu de novo para vos oferecer mais uns versos que acabei de fazer agora, espero que gostem.
Hoje não vou falar muito até porque não tenho assunto, sendo assim vou j à para o poema.
                   
Sol da minha vida
                
Os raios de sol que aquecem
E a tudo dão beleza
Quando eles desaparecem
Tudo é feio tudo é tristeza
                    
Também quando tu não est à s
Minha alma fica fria
Como o sol tu ser à s
A luz que aquece os meus dias
                                                                                                                                                                     
O Sol à Terra d à cor
Sem Sol a Terra morria
Como eu sem teu Amor
Por certo não viveria
                                                                                                                                  
Tu és o Sol que aquece
A minha alma gelada
Quando Tu não apareces
Não tenho vida nem nada  
                      
Até amanhã se Deus quiser          
            M-I-P             
sinto-me:
tags: , ,
publicado por linhaseletras às 23:29
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Janeiro De 2008

PAIXÃO

A Paixão é como o vento, o fogo ou a água. Cada pessoa sentirá de maneira diferente.O vento que nos bate ao de leve no rosto, está como que a pedir-nos um beijo.  »Paixão é fogo que arde sem se ver» já dizia o poeta.
Também quando estamos apaixonados sabe muito bem ir para a beira dum rio ,olhar para as suas águas calmas e  tranquilas, podermos sonhar com aquela calma para a nossa vida, junto da pessoa amada.  Mas se a Paixão não fôr conrespondida vamos para a beira -mar e se possível para onde as ondas sejam mais fortes para pudermos afogar as mágoas e quem sabe também essa Paixão que não veio ter connosco.
A Paixão tal como a Poesia tem a forma e o simbolismo que nós lhe quizermos dar, cada um sente-as como quizer.Eu sinto assim.
Por isso fiz,uns versos, que talvez digam qualquer coisa,eu pelo menos quando os escrevi foi isso que pensei, vamos ver se pensam o mesmo que eu.
 
 
Hino ao vento
                    
O vento passa ligeiro
Fazendo as folhas dançar
Murmurando sorrateiro
Queres comigo namorar?
                     
Brisa leve é como um beijo
Numa boca apaixonada
Vento forte é o desejo
Duma Paixão retardada
                   
O vento carrega a história
De tudo o que já passou
E tu guardas na memória
Tudo o que ele te contou
                    
Escuta o vento! Que ele tem
Histórias lindas de encantar
Porque nem tu nem ninguém
Consegue o vento calar
 
M-I-PATA           
 
 
publicado por linhaseletras às 22:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes