Terça-feira, 17 de Junho De 2008

Almoço de confraternização

      Esta imagem tirada da "Net" vai ilustrar o que vou escrever hoje.
Foi nesta bela quinta que tem o nome "Quinta da Boubã" que passei um belo dia de domingo com um grupo de amigas de há muitos anos, e que desde o ano passado se juntamos para confraternizarmos e recordarmos o que vivemos há trinta anos atrás, quando todas juntas trabalhámos numa fábrica de confecção de luvas de pele chamada"LUVEX"   é muito bom estes encontros, porque passámos muitos anos sem se vermos depois da fábrica fechar, e ficou uma amizade muito bonita, que vale a pena conservar.
Agora vou ter durante algum tempo tema para alguns sonetos 
 
Beleza Natural
 
 
Passei por sítios lindos, de morrer
Mas não quero morrer, sem lá voltar
Para eu poder sempre, recordar
Tudo o que hoje sinto, com prazer
 
El-Rei Dom Diniz, com o coração
Pensou no ambiente, concerteza
Mandando plantar, tanta beleza
Que agora é o orgulho, da Nação
 
Meu olhar se perde, no pinhal
Que mais parece o "Paraiso"
Descendo por vezes, ao inferno
 
Como é que há tanta gente, que faz mal                                 
Concerteza, deve perder o juízo
E quer destruir o que é eterno
 
 
 
                                         M-I-P         







sinto-me: Feliz
publicado por linhaseletras às 00:10
link do post | comentar | favorito
Domingo, 06 de Abril De 2008

Principio de férias

           Olá! espero que todos estejam bem dispostos, e que o fim de semana esteja  acorrer bem.
                      
Não sou nada e sou tudo
                     
Eu sou um grão de areia, no deserto
Nesta areal enorme, que é a vida
Como o vento, tento encontrar uma saída
Mas não há nenhum Oásis,ali perto
                                      
Meu peito é um campo, sem barreira
Cheio de Amor, para dar a quem quiser                                                         
Todo aquele, que me quiser entender
Terá de mim , amizade verdadeira
                   
Como o Sol, que aquece aquela areia
Que no deserto, se estende sem limite
Assim é o Amor, que guardo em mim
                        
Tal qual esta Paixão, que me incendeia
Assim, tambem eu quero que fique
Guardada no meu peito até ao fim
                        
   M-I-P
sinto-me: Tranquila
publicado por linhaseletras às 16:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 30 de Março De 2008

Amizade

  • Amor de Amigo

                                      

Dá-me o teu braço, ajuda-me a caminhar

Já estou cansada, já andei muito na vida

Ajuda-me a encontrar uma saída

Para que eu possa chegar lá , e descansar

                                                

Dá-me uma luz, e ensina-me o caminho

Eu estou perdida, sem saber para onde vou

Só sei que aqui cheguei, e aqui estou

Mas estou sozinha, e preciso de carinho

                                       

Eu te vou agradecer, ó meu Amigo

Por me teres mostrado este caminho

E vou agradecer-te, do meu jeito

                                                                                     

Se precisares, é só chamares, eu estou contigo

E hei-de sempre lembrar-te, com carinho

E vou guardar-te, para sempre, no meu peito

                                                                                      

                                         

  

   MI-P-

sinto-me:
publicado por linhaseletras às 20:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 09 de Março De 2008

Fim de semana feliz

Olá! Cá estou eu, depois de passar um bom fim de semana no meu Alentejo, onde eu adoro estar, só lá me sinto verdadeiramente livre, e venho mais leve e pronta para enfrentar mais um mês de trabalho, antes de lá voltar de novo.
Sabe tão bem olhar para o jardim e ver  flores  lindas e  vivas, até parece que estão a rir-se para nós, e a dizerem-nos»Não me leves daqui olha só para mim».
Mas eu como todo o ser humano sou egoísta e trago algumas comigo para casa para olhar para elas e sentir que tenho um bocadinho do meu jardim aqui na minha casa.
Hoje não escrevi nada, não tive tempo para a inspiração, o tempo foi pouco para visitar as pessoas de quem gosto e isso dá-me um imenso prazer e tento aproveitar o máximo no pouco tempo que lá estou. Tenho lá pessoas muito queridas, que embora com problemas de saúde são muito corajosas e lutadoras, assim como eu, isto já deve ser de família, nós lutamos por aquilo que queremos não baixamos os braços, e Deus por ver a nossa fé e a nossa força há-de ajudar-nos  a todos, eu todos os dias Lhe peço essa graça, só espero que Ele me oiça.
Hoje  vou deixar  um poema,  que já foi escrito há mais tempo, mas aqui vai na mesma. Não podia deixar-vos sem o poema do dia
 
                     
Luta pela felicidade
              
 
Amar-te muito é loucura
Não te amar é sofrimento
Como o Amor pouco dura
Vou aproveitar o tempo
               
                                                                                                               
A v ida é um furacão
O tempo passa depressa
Põe no que fazes Paixão
Para que nunca te aborreças
                                                                                                                                 
Já te Amei com desespero
Já fiz loucuras por Ti
Agora o que eu mais quero
É que Tu fiques aqui
                   
Já lutámos lado a lado
Mas continuamos cá
O passado é já passado
O futuro só Deus dirá
                 
                    Até amanhã se Deus quiser              M-I-P
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 22:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31