Hino á Primavera

 
 
Flores campestres
 
Eu olho vejo os campos, pintalgados
De várias flores, tão simples e singelas
Azuis brancas, roxas amarelas
Dão ao chão a beleza, dum quadro
 
Quadro que alguém ali deixou
Caído no chão á minha espera
Ou será que chegou, a Primavera!
Que sem me avisar, aqui ficou
 
Primavera é vida, e é Amor
É o despontar, da Natureza
Tão bela e tão cheia, de magia
 
Quando olho o campo, esqueço a dor
Só quero desfrutar tanta beleza
E abandono no campo, a nostalgia
 
 
                                                                                        M-I-P 
 
 
 
 
publicado por linhaseletras às 23:46
link do post | comentar | favorito