Final de semana

 
 
 
Fuga da escuridão
 
 
 
Estou longe, tão longe no presente
Do destino que a vida, me traçou
Chego a não saber, para onde vou
Parar nunca paro, e sigo em frente
 
Chego a ter medo, do futuro
Chego a lutar contra a tristeza
E nisto minha vida, fica presa
E fica pendurada no escuro
 
Mas nessa escuridão, uma janela
Deixa passar a luz, que me ilumina
E dá novo brilho, ao meu viver
 
Aberta deixa  ver, uma aguarela
De cores que pintam, minha sina
E a vida colorida, eu volto a ver
 
 
    M-I-P  








publicado por linhaseletras às 00:07
link do post | comentar | favorito