...

 
 O fim da estrada
 
 
Com  lágrimas  correndo, no meu rosto
Eu junto minhas mãos, e vou rezando
Esperando que Deus, esteja escutando
E  afaste de mim este desgosto
 
É duro ver alguém, que está agora
Morrendo cada dia, um bocadinho
Refugiando-se em Ti, no Teu carinho
Sabendo que em breve vai "Embora"
 
Não entendo, nem consigo perceber
Porquê!  Tanto sofrimento, e tanta dor
Se a vida é tão curta, por sinal
 
Porque teremos todos, de sofrer
Mesmo tendo carinho, e muito AMOR
Mas não chega! Para afastar tanto mal
 
 
  
 








publicado por linhaseletras às 22:27
link do post | comentar | favorito