Recordações duma mãe

Olá cá estou eu outra vez para conversar-mos um pouco. O tema hoje é recordações.

 

Hoje de manhã quando ia para o trabalho ,em conversa com  as minhas colegas de viagem

 

lembrei o tempo de escola das minhas filhas, e fiquei todo o dia a pensar nisso.

 

 

Há!!!!!! como tenho saudades desse tempo. Tenho tantas saudades das minhas filhas

 

meninas, saudades das suas traquinices, do momento em que foram para a escola, tão

 

pequenas com as suas batas brancas ,quando chegavam a casa todas contentes porque

 

 tinham aprendido alguma coisa nova.

 

Depois quando acabaram a primária que foram para o liceu,o entusiasmo do inico. e depois

 

o desencanto e o abandono da escola. Daí até agora foi um passo e já passaram 30 anos

 

e muitas coisas se passaram umas boas e outras menos boas , mas isso faz parte da vida

 

Casaram tiveram filhos, os meus netos que são a coisa mais bonita que me aconteceu.

 

A pensar nisto tudo, fiz uns versos para partilhar convosco hoje

 

 

Este poema vai ser dedicado ás minhas filhas.  ARMINDA      E    GUILHERMINA    e aos

 

netos  o  RICARDO  e a     JOANA  que são a luz da minha vida.

 

 

Saudades da vossa infância     

                    

Tenho tamanha saudade

Dos vossos tempos de escola

Vocês com tão pouca idade

Levando ao ombro a sacola

                   

Não podendo prelongar

Esse momento fugaz

Só me resta relembrar

Porque isso! eu sou capaz

                  

Se recordar é viver

Vivo muito pois então

Pois passo o tempo a rever

Esses momentos de então

                 

Momentos  que já passaram

Que eu lembro com emoção

Tantas coisas que ficaram

Guardadas no coração

 

 

Por hoje já chega   para todos os que por aqui  passarem

 

 

  Feliz Natal para todos

 

 

 

 

 

publicado por linhaseletras às 23:28
link do post | comentar | favorito