...

                                          
 
 Arvores Nuas
 
 Arvores nuas, e á espera
Dum raio de Sol, que as aqueça
E talvez esse calor, só apareça
Quando chegar de novo, a Primavera
 
Folhas amarelas, e esquecidas
Juntam-se no chão, a cada canto
O vento vem beijá-las, e que espanto
As folhas moribundas, ganham vida
 
A  folha que no chão, fica pisada
Chora   a sua   vida que findou
Mas que foi vivida, plenamente
 
Talvez essa folha, bem tratada
Não seja uma vida, que acabou
Mas algo que vive  eternamente
 
 
 
   M-I-P                                  
 
 
 
 
 
 
 








 
publicado por linhaseletras às 22:52
link do post | comentar | favorito