Abraço

 
 
 
 
Hoje estou numa onda de romantismo, senão vejam o que escrevi agora mesmo.
 
 
 
 
 
 
Abraço
 
Aperta-me em teus braços, com calor
Diz que me Amas, sem ter medo
Não guardes para ti, esse segredo
E divide comigo, o teu Amor
 
Põe a tua mão, sobre o meu peito
E sente o bater, acelerado
Deste coração, apaixonado
Que por te Amar demais, já tem defeito
 
O Amor é eterno, enquanto dura
Pois que dure por toda a Eternidade
E não passe apenas, de ilusão
 
A ti eu te dei, minha candura
Que tu transformaste, em felicidade
E hoje eu recordo, com emoção
 
 
                                                                                                                            
                                                               M-I-P 








publicado por linhaseletras às 23:23
link do post | comentar | favorito