Borboletas

 
 
Borboletas
 
 
Beijando as flores, do meu jardim
Ás dezenas borboletas, esvoaçam
Olho para elas, e as horas passam
Tão rápido, e o dia chega ao fim
 
Pássaros cantam, em sinfonia
Dando graças ao Sol, que os aquece
Com o passar das horas, desaparece
Vem a noite, e a seguir um novo dia
 
Quem dera eu pudesse, aqui ficar
Estando ao mesmo tempo, noutro sitio
Dividir ao meio, meu coração
 
Que bom seria, eu poder estar
A alimentar este meu vicio
E viver este momento de Paixão
 
 
 
  M-I-P
 
 
 
 
 
publicado por linhaseletras às 22:10
link do post | comentar | favorito