POESIA

 Hoje vou tentar descrever o que é para mim a Poesia!    A Poesia para mim é ver nas coisas

mais simples aquela beleza que nem todos os olhos  conseguem ver.  

É estar no meio da planície sózinha e sentir-se acompanhda , ouvir o chilrear dos passarinhos    

sentir o cheiro do mato e pensar que está no Paraíso    

Poesia é nos momentos de maior tristeza ter-se capacidade para pegar num lápis e passar

para o papel tudo aquilo que nos vai na alma.    

Poesia é achar que a vida  é bela, quando  ela nos maltrata e nós conseguir- mos tirar algo

de bom daquilo que todos dizem que náo presta    

Hoje os poemas têm algo a ver com este tema, aqui vão eles!     

 

 

POETA POBRE

              

Se ser Poeta é escrever

Então Poeta serei

Espero que alguém vá ler

Aquilo que eu escreverei

                 

Já que me chamam Poeta

Vou aproveitar o nome

Andando sempre inquieta

Sabendo que alguém tem fome

                    

Muita miséria há escondida

E pobreza »encapotada»

Muitos passam nesta vida

Sem dela levarem nada

                  

Já que não tenho riqueza

Nem dinheiro para gastar

Apenas tenho a certeza

Do nome que tenho! Honrar

 

                 

 

Este foi escrito hoje, agora  vai um mais antigo

 

 

Paixão pela escrita

                

A minha paixão é isto

Pegar  no lápis escrever

Dizendo porque eu existo

 Cá neste mundo a sofrer

              

Na solidão da noite

Na tristeza de viver

A caneta é um açoite

Que me faz adormecer

              

Nunca se é muito infeliz

Vivendo da fantasia

Não se tem o que se quiz

Fabrica-se a alegria

                  

Quando o desgosto nos cerca

Não o deixamos entrar

Há sempre um nó que se aperta

 Mas que se pode alargar

 

               

 

 

Por hoje  já chega tenho que ir dormir    

publicado por linhaseletras às 22:07
link do post | comentar | favorito