Bichinho perguiçoso

             Kanguru
 
Kanguru! Porque és assim tão lento
Que mais pareces, uma tartaruga
Que me irrita, enerva e me suga
Toda a paciência, todo o tempo
 
Se soubesse, que eras desta estirpe
Não te tinha, adoptado com certeza
Agora é com imensa, tristeza
Que te aturo, tuas birras teus chiliques
 
Podes crer, qualquer dia vàs á vida
Ganha tino! Ou então tens um desgosto
Já estou ficando, impaciente
 
Ainda podes ter, uma saída
Trabalha, direitinho e com gosto
E assim ficas comigo para sempre
 
 
 
 
   M-I-P                       







publicado por linhaseletras às 01:21
link do post | comentar | favorito