Carta fechada

 
 
Hoje não escrevi nada, por isso vou publicar um poema que fiz há mais de trinta anos, e que retrata aquilo que eu penso sobre o casamento, mesmo  pensando assim estou casada há quarenta e três anos.
                       
 
Carta fechada
                 
O casamento, é uma carta,
E tão formosa,
Quando se abre
Só se vê letras côr- de- rosa,
Mas já no meio
Vai escurecendo,
E nós ao ler e a sofrer,
Vamos vivendo
Talvez sofrendo
Até morrer
E ao fim! que misteriosa!
Não sei se chego
E tenho medo de ser segredo,
Ou todo negro! ou cor-de-rosa.
 
 
 
 
    M-I-P







publicado por linhaseletras às 01:00
link do post | comentar | favorito