Tu e eu

 
 
 
 
Sofrer de Amor
 
 
Eu sou aquela folha, que ao passares
Esmagas-te, com a força do teu pé
Mas morta não fiquei, e assim é
Ainda aqui estou, para recordar
                                  
Deixei que tu, me aprisionasses
Sem forças para lutar, não resisti
Deixei-me ficar tão presa a ti
E esperei que tu me libertasses
                          
 
Fui cativa desse Amor, que sentias
Da loucura, dos ciúmes, sem razão
Que marcaram para sempre, o meu viver
                      
Acredito! com a culpa, tu sofrias
Não conseguias, controlar a emoção
E nós os dois, acabámos por sofrer
 
 
 
                M-I-P 
 





publicado por linhaseletras às 01:09
link do post | comentar | favorito