Pedras da rua

 

 
 
Hoje vou publicar umas quadras que fiz há mais de trinta anos.
 
Nessa altura as pedras do
 
chão eram a única coisa que os meus olhos viam, por isso lhe fiz estas quadras.
 
                        
As pedras que piso
                 
Se estas pedras algum dia
Algo de mim vão dizer
Eu juro que não sabia
Que entendiam meu sofrer
                     
Eu só ás pedras contava
Minha dor e amargura
Enquanto me desprezavas
E não me davas ternura
                      
Só as pedras compreendem
Aquilo que eu quero dizer
As pessoas não entendem
Nem sabem o que é sofrer
                       
Só nas pedras e no vento
Eu tenho amigos leais
Porque escutam meus lamentos
E compreendem meus ais
 
 
       M-I-P
 
 
                                    

 

 

publicado por linhaseletras às 00:33
link do post | comentar | favorito