Penúltimo dia no Alentejo

               Hoje é o meu penúltimo dia no Alentejo, e tive uma visita de um passarinho, que me deu inspiração e que resultou nestes versos que vou publicar para vocês, então aqui vai.
                    
Pintassilgo cantor
                    
Um pintassilgo pousou
Na barra do meu jardim
Olhou! e disse-me assim!
Sabes porque eu aqui estou?
                                                                                                           
Eu soube que estavas triste,
Vim  aqui para te alegrar
Eu sei muito bem cantar!
E sei que a alegria existe,                                     Esta flor é do meu jardim
                                                                            Foi o meu genro que tirou     
                                                                    A foto        
O pintassilgo cantou                                                  Bonita, não é?
Eu ouvi com emoção
E foi-se embora a seguir
                 
A alegria voltou
Ao meu pobre coração                                                                          
Voltei de novo a sorrir
                 
   
M-I-P                      
sinto-me: CALMA
publicado por linhaseletras às 12:14
link do post | favorito