Palavras

Ol à Hoje tive c à as minhas filhas os meus netos e o meu genro, a almoçar comigo, fiquei muito feliz ,mas quando se foram embora fiquei tão triste e senti-me tão sozinha, que a sensação que senti foi que eu estava numa ponta do mundo e eles no outro extremo.
Por isso é que eu não me imagino a viver longe delas.
Cada vez tenho mais saudades dos meus netos pequenos, e da magia desta casa.
Eles crescem. e deixaram de gostar de vir para c à e isto sem eles não tem graça nenhuma.
 
Vamos ao poema do dia que foi escrito ontem, porque hoje acho que não vou conseguir escrever nada.
             
Palavras á deriva
                
Dentro de mim à deriva
As palavras se atropelam
Depois de escritas revelam
Aquilo que eu quero da vida
               
Não quero da vida riquezas
Nem jóias de puro brilho
Apenas seguir meu trilho
E ter algumas certezas
                    
Certeza que vou fazer
Aquilo tudo que eu gosto
Com muito Amor e carinho
 
                        
Certeza que vou saber
Porque ser à que o desgosto
Se atravessa em meu caminho
 
                        
 
                              M-I-P
 
publicado por linhaseletras às 19:07
link do post | favorito