O teu olhar

Ol à c à estou eu de novo para partilhar  convosco mais uns versos que fiz ontem à noite, espero que gostem.
Eu gostava de saber escrever  Poesia como aquela que leio, mas j à que isso não é possível escrevo aquilo que me vem à cabeça no momento, e então é assim, passa da cabeça para o coração e daí para as pontas dos dedos, e salta para o papel quase sem retoques»em bruto» com se costuma dizer, mas é assim que a sinto. Então vamos a mais uns versos.
                       
Aluz do teu olhar
             
As estrelas que h à no Céu
Todas juntas a brilhar         
Não fazem um olhar teu
Quando para mim tu olhares
                                                     
Tem mais brilho o teu olhar
Do que estrelas aos milhões
Quando tu v à s a passar
Iluminas multidões
                                                                                                                                                    
Não deixes que o teu olhar
Perca tão cedo esse brilho
P'ra que possa iluminar
Este caminho que trilho
                   
O meu caminho é tão escuro
Quando não olhas para mim
Que me julgo sem futuro
Sentindo ser o meu fim
                    
   Para todos os visitantes   
 Até amanhã              M-I-P
sinto-me:
tags:
publicado por linhaseletras às 00:43
link do post | comentar | favorito