Segunda-feira, 25 de Outubro De 2010

No caminho do sonho

  
 
No caminho do sonho
 
Meu corpo reclama a juventude,
Que por mim passou e foi embora,
Precisava tanto dela agora,
Para fazer aquilo que não pude.
 
Não pude porque alguém não me deixou,
Cortou as  minhas asas o  meu futuro,
Fiquei escondida atrás do muro,
Que agora a minha esperança derrubou.
 
Afastei as pedras que caíram,
E fiz uma estrada no local,
Por onde vou passando devagar.
 
Algumas mais pesadas resistiram,
Mas eu passo ao lado , não faz mal,
E ao fim do meu sonho hei-de chegar.
 
 
 

 Sleeping Kitty On Monitor   M-I-P




publicado por linhaseletras às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 18 de Outubro De 2010

No centro da terra

 

 

 

No centro da terra

 

 

Diz-me como é viver sem a luz,

Do Sol que ilumina a existência,

Diz-me como foi tua experiencia,

E como  foi pesada a tua cruz.

 

Diz-me como é   viver  nas entranhas,

Diz-me como é viver soterrado,                                                                           

Estar de tudo e de todos afastado,

Sentindo no teu peito dores tamanhas.

 

Mas eis que  um milagre aconteceu,

O Sol de novo voltaste a ver,

Acabando assim  tua agonia.

 

No fundo a Esperança não morreu,

Lutaste contra tudo para viver,

E para dares ao mundo esta alegria.

 

     Chocolate Valentine             M-I-P

 







publicado por linhaseletras às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 13 de Outubro De 2010

A viagem da minha vida

 

 

 

 

A viagem da minha vida

 

 

 

O tempo é de crise! por causa dessa mesma crise não fazemos aquilo que queremos e gostamos.

....Nas minhas férias não  consegui fazer aquela viagem que tanto queria, mas paciência!  fica para a próxima agora resta-me ficar em casa e aproveitar para descansar e não me lamentar muito ,porque há-de haver quem nem sequer  tenha férias, ou porque não tem trabalho ou  porque tem de trabalhar  a dobrar para ir controlando as despesas extras  que este nosso governo nos obriga a ter, e isso inclui trabalhar durante as férias que deviam ser para descansar.

.Mas como ainda tinha alguns dias de férias resolvi agora no Outono tirar o resto que me falta para descansar.

Fiquei por casa a pensar se seria o momento para fazer a tal viagem que tinha sido adiada.Mas fiz contas á vida e vi que não era possível! não pensei mais nisso.

.......Estava eu sentada no meu sofá e eis que me surge uma ideia!

E se eu fosse fazer uma viagem imaginária? O difícil foi escolher o destino, mas pus o cérebro a trabalhar e  rapidamente cheguei a uma conclusão.

E se eu fosse até ao Chile assistir ao "Renascer" daqueles trinta e três homens?

Então sentada na meu sofá fechei os olhos e viajei até ao "Chile" e fui juntar-me aquela gente que está sentada á entrada da mina "S.José"  á espera daqueles mineiros que sessenta e nove dias depois de ficarem soterrados regressaram á superfície da terra e á vida.

.....Ali no  meio daquelas pessoas achei que a minha viagem não podia ser só assim, então desci  até ás profundezas  da terra para sentir o que é  estar enterrada viva, sempre á espera do minuto seguinte que poderá ser o ultimo para viver.

Ali perto daqueles homens senti que estava noutro mundo , noutra vida, pensei que estava a sonhar.Como é possível alguém estar tanto tempo enterrada  e não perder a esperança de sair dali com vida.

Ver quanto esforço foi feito para salvar aqueles homens, ver a força daquelas famílias que não arredaram pé da entrada da mina e passando para o fundo da mesma a sua força e energia positiva.

E a emoção que senti ao ver renascer aqueles homens das entranhas da "Terra-mãe".

A alegria e o prazer que senti nesses momentos não se pode medir nem há imaginação possível para descrever aqueles momentos.

.......Ao fim de algum tempo  a minha viagem terminou.Abri os olhos e estava confortavelmente sentada no meu sofá na minha sala, mas também estive na entrada da mina"S. José" eu sei que estive lá, como estiveram lá milhões de pessoas a assistirem aquele "milagre" em direto. Foi uma viagem inesquecível, talvez   a melhor da minha vida.

........Agora que a minha viagem chegou ao fim e as férias também, rezo e agradeço a Deus ,tal como o mineiro que ao sair se ajoelhou rezando agradecendo a Deus o milagre destas trinta e três vidas salvas  por "Ele"  e aprendi que a esperança é a ultima a morrer.

 

 

Texto escrito e ficcionado para :http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/

 

 

publicado por linhaseletras às 23:20
link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Outubro De 2010

Alentejo branco e dourado

 

 

 

Alentejo branco e dourado

 

 

As paredes brancas que hoje vejo,

A brilharem ao Sol morno  do Outono,

Fazem-me esquecer quanto abandono,

E quanto sofres "Tu" meu Alentejo.

 

Sofres ao sentires que a tua gente,

Tem de abandonar esse teu chão,

Despedaçando assim teu coração,

Que chora cada "filho" estando ausente.

 

Teus campos dourados, ressequidos,

Fazem-me sentir tal nostalgia,

Que lágrimas se soltam dos meus olhos.

 

Despertam assim os meus sentidos,

Misturam tristeza e alegria,

Se vejo as perdizes nos restolhos.

 

 

 Counting Sheep Até amanhã    M-I-P

 

 







sinto-me: Com sono
publicado por linhaseletras às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 06 de Outubro De 2010

...

Atchim

 

 

Primeira semana de Outubro, estamos no Outono, é o que diz a folha do calendário pendurada na parede.

--------------Mas na realidade estava um lindo dia de Primavera.

--------Então  pensei!! E se fosse dar um passeio? Se bem o pensei melhor o fiz, estava a precisar de apanhar um pouco de Sol e esquecer a rotina da semana.

Mas não fui sozinha, o meu amigo de todos os dias o "Texas" um adorável cachorro estava á minha espera e parece que adivinhou os meus pensamentos, porque assim que eu abri a porta veio ter comigo aos saltos e não mais parou até sairmos de casa.

------------Eu ia muito bem disposta mas ele ia muito mais. Porque afinal ele saia  menos de casa do que eu ,por isso quando havia uma oportunidade de sair de casa ficava "louco" .

------------Estava  tão ansioso que quando parávamos por algum motivo ele queria  saltar do carro.

-----------Quando saimos da estrada de alcatrão e entrámos na estrada de terra batida ele sabia que estava perto de saltar para fora do carro e correr feliz pelo campo.

Assim que saltou do carro não parava de correr de lado para lado e farejava tudo.

Não parava de correr atrás dos pássaros a ver se apanhava algum.

Eu acho que ele até sorria de felicidade. Acredito que sim porque os animais também têm sentimentos .

Entretanto chegou a hora do almoço e o "Texas" não aparecia, comecei a ficar preocupada!Até que ele apareceu já eu tinha acabado de almoçar. Vinha  cansado, todo molhado enlameado  mas muito contente.

--------------Credo Texas!! Onde é que andaste?

-------Ora bem!O nosso herói depois de correr atrás dos pássaros e das borboletas e de tudo o que mexia achou que um banho vinha mesmo a calhar, na correria encontrou um pequeno lago e nem pensou duas vezes,  atirou-se lá para dentro e foi uma festa. Ficou foi num estado lastimável.

Tive de lhe dar um banho antes do almoço, e tal como os humanos ele sentiu-se  tão bem e tão reconfortado que  depois de comer adormeceu. Dormiu  quase toda a tarde, enquanto ei lia um livro e ia escrevendo  sobre o  que via e o que estava s sentir.

Foi uma tarde muito bem passada, voltámos para casa bem mais leves do que tínhamos ido.

No dia seguinte era dia de trabalho, eu sai e fui para o meu emprego e o "Texas" ficou em casa como sempre. Quando cheguei  ele não estava nada bem, não me veio esperar á porta como fazia todos os dias. Estranhei e fui á procura dele!Estava deitado o que não era normal, vi logo que alguma coisa não estava bem.

Agarrei nele  e fui ao veterinário, que assim que o viu disse logo o que ele tinha.

Perguntou-me o que ele tinha feito fora do habitual, contei-lhe a nossa tarde  no campo e respectivo banho no lago.

Então está explicado!!O Texas  está com uma valente gripe e aposto que tem uma tremenda dor de cabeça porque está cheio de febre.

------Vai dar-lhe esta medicação e daqui a uns dias está como novo.

E foi mesmo assim! daí a uns dias já me ia esperar á porta e já me "pedia" para irmos passear de novo.

 

Texto escrito para http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/

 

publicado por linhaseletras às 01:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31