...

 

 
 
 
 
 



 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Sonhos partilhados
 
 
Uma lágrima teimosa rolou,
Desceu p'la minha face como louca,
Parou  e entrou na minha boca,
Com um sabor a sal, que cá  deixou.
 
Sem eu querer lágrimas brotaram,
Queimando os meus olhos sem ter dó,
Fazendo-me lembrar que estou tão só,
Lembrando outros tempos que passaram.
 
Lembrei como foram os projectos,
Daquele nosso canto bem pequeno,
Que é a minha vida o meu mundo.
 
Lembrei a alegria dos meus netos,
Lembrei nossos dias tão amenos,
Lá longe no Alentejo profundo
 
 
    M-I-P








publicado por linhaseletras às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito