...

 
 
Eu estou em cada verso
 
 
Estou em cada  verso, que vos dei
Estou nos sonetos, que eu invento
Embora faça disto, um passatempo
É mais sério, do que eu imaginei
 
Escrever para mim, é terapia
Que alivia as dores, da minha alma
Escrevendo sou feliz, e fico calma
E encho a minha vida, tão vazia
 
Eu sou prisioneira, em liberdade
Desta lição de vida, que aprendi
E que transmito a todos, com fervor
 
Ao escrever eu passo, esta verdade
Viajo pelo mundo, estando aqui
E deixo a todos, vós o meu Amor
 
 
        M-I-P                  
 
 








publicado por linhaseletras às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito