...

  
                                                 
 
 
Saída das trevas
 
 
Eu sou aquela, que pensava
Que não havia luz, só escuridão
Que só havia medo, e não razão
Agora  eu sei! Estava enganada
 
Meus olhos fechados, não deixavam
Que eu visse a luz, resplandecente
Quando os abri, vi tanta gente
Perto de mim, e me escutavam
 
Parti para longe, deixei as trevas
 Que assombravam, meu pensamento
E me tornaram, muito infeliz
 
 Pergunto ao sonho!  Onde me levas
E o que eu faço, neste momento
É tudo aquilo que eu sempre quis
 
M-I-P
publicado por linhaseletras às 23:26
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito