Domingo, 28 de Setembro De 2008

O tempo voa

 
 
Este é o décimo primeiro soneto da coroa
 
 
 
 
O tempo voa
 
E luta! Eu sei que  tu tens coragem
Para vencer, grandes moinhos, de vento
Para combater, alguns dos contratempos
Que encontres, na tua longa viagem
 
Na estrada onde segues!Tem cuidado
Há espinhos, onde antes eram rosas
Colheram as flores, que eram viçosas
Ficou desolação, em todo o lado
 
Lembras-te! Quando corrias no campo?
Apanhando florinhas, pequeninas?
Vendo borboletas, esvoaçando?
 
Desse tempo, fica o desencanto
E as lembranças do tempo de menina
Que como as borboletas, vai voando
 
 
       M-I-P               
 
 








publicado por linhaseletras às 23:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Coragem para vencer

 
 
Este é o décimo soneto da coroa
 
 
 
 
 
Coragem para vencer
 
 
 
Que tu também tens direito, á vida
Direito a teres felicidade
Mas o que acontece, na verdade
É que vives triste, e deprimida
 
 
Não tens alegria, para  viver
Vives prisioneira, do passado
Vai em frente! Põe a tristeza de lado
E afasta de ti, esse sofrer
 
 
Esquece o que a ti, te magoou
Pensa que o  futuro, será melhor
Mete na cabeça, essa imagem
 
 
Sabes! O passado já passou
Vive o presente , e dá  AMOR
E luta! Eu sei que tu tens coragem
 
 
 
 
   M-I-P                       
 
 
 
 








publicado por linhaseletras às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
20
21
26
29