Sexta-feira, 15 de Agosto De 2008

Sonho

    Um bom feriado para todos
 
 
 
 
Para mim o feriado é sinónimo de trabalho( Limpezas caseiras)  Mas só vim aqui deixar um soneto que acabo de escrever e que quero já partilhá -lho convosco então aqui vai.
Esta ideia surgiu dum sonho que tive esta noite e que me deixou um pouco triste, mas já passou depois que passei par o papel o que me ia na Alma, fiquei mais aliviada.
 
 
 
 
Sonho e saudade
 
Sonhei contigo! Fquei triste
Talvez por já não poder tocar-te
Mesmo assim vou continuar a amar-te
Sabendo que "Tu " já nã existes
 
Vi-te no local onde um dia
Vives-te feliz! Penso que sim
Agora esse local, é para mim
Um local carregado de "Magia"
 
Local onde nasci há muito tempo
Aonde ficaram as raizes
Que me prenderam, e  me puxaram
 
Talvez por saudade, ou sentimento
Voltamos aonde fomos felizes
Para lembrar aqueles que nos "Amaram"
 
                  M-I-P                       







publicado por linhaseletras às 14:56
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 12 de Agosto De 2008

Corrida contra o tempo

 
 
Corrida contra o tempo
 
 
Eu corro até ficar cansada
Corro atrás do tempo, e ele foge
Sempre fui á luta, e até hoje
O que consegui! Foi quase nada
 
 
Eu quero prender o tempo, e ficar
Com o tempo que preciso, para viver
Não importa se foi difícil, vencer
Importa é ter lutado, e ganhar
 
Sinto que estou perdendo, a disputa
Já me faltam as forças, para correr
Para chegar á meta que tracei
 
Mesmo assim não deixo de ir á luta
E não paro porque parar é morrer
Mesmo devagar, eu sei, lá chegarei
 
                     M-I-P                                                   
 








publicado por linhaseletras às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 11 de Agosto De 2008

Juventude sem idade/ 2

 
 
Juventude sem idade/ 2
 
 
Eu quero manter, a juventude
Dentro de mim, bem escondida
Para ir oferecendo, á minha vida
Aquilo que outrora, nunca pude
 
 
Eu acho que dormindo, eu não vivo
Talvez por isso, eu durma pouco
Eu quero estar, neste mundo louco
Acordada, para dizer o que vos digo
 
 
Não importa se há rugas, no meu rosto
Elas são as marcas, dum caminho
Que eu venho, seguindo, há muito tempo
 
 
Eu só não quero, sentir desgosto
Apenas quero guardar, muito carinho
De tudo o que tenho, em pensamento
 
 
 
 
 
                      M-I-P                           
 








publicado por linhaseletras às 00:12
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sábado, 09 de Agosto De 2008

O principio do fim

  
Antes           e    Depois
 
 
 
Em busca do "Nada"
 
 
Destróis a tua vida, e a de mais
Destróis o que está, á tua volta
E soltas o teu grito, de revolta
E entregas-te a prazeres virtuais
 
A vida não é feita, só do "Belo"
Pelo meio também tem, algum terror
É preciso enfrentar, esse temor
E não fazer disso, um pesadelo
 
A vida não é fácil, acredita
Mas não vás  pela rua, da amargura
Que te leva muitas vezes, para a morte
 
Sabes! a vida, é tão bonita
 Procura o Amor e a ternura
E assim encontrarás a tua sorte
 
 
 
 


 
                                 
                                                                                                         M-I-P



publicado por linhaseletras às 22:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 07 de Agosto De 2008

Amor e silêncio

                   Amor e silêncio
 
 
 Neste silêncio, há magia
Nas palavras e suspiros, sussurrados
Não deixes de escutá-los, com cuidado
Deles pode vir, muita alegria
 
Fala bem baixinho, e  com saber
Que há sempre, quem  te queira escutar
Não penses que falando a gritar
Chegas mais depressa onde tu queres
 
O silêncio, falará por ti
Até podes chorar, ou mesmo rir
E ninguém te vai virar as costas
 
Fala baixinho, eu estou aqui
Até podes voltar, a repetir
Aquilo que disseste e tanto gostas
 
                 M-I-P               







publicado por linhaseletras às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

A corrida

 
                  A corrida
                   
 
Se fugir, fosse correr
Muita gente, correria
Muitas vezes, sem saber
A razão porque  fugia
 
 
Nunca penses, em fugir
Daquilo que não conheces
Se não chegares a partir
Recebes o que mereces
 
 
Já vi pessoas correrem
Sem saber para onde vão
E algumas se perderem
Na estrada da ambição
 
 
Pára! Não corras demais
Não passes certos limites
Senão sabes onde vais
Então é melhor que fiques                                                                                       
 
 
                 
 

             M-I-P                 






 

publicado por linhaseletras às 00:19
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Terça-feira, 05 de Agosto De 2008

Lembranças

 
 
 
A dor da ausência
 
Estou prisioneira, das palavras
Que dissemos na hora, da partida
Deixando suspensa, a minha vida
Sofrendo sem saber, se regressavas
 
 
Foram longos meses, de agonia
Vividos dia a dia, em sobressalto
Desde que partiste, no mar alto
Até que regressaste, noutro dia
 
 
Partiste para longe, em "Missão"
Sem saber o que ias, encontrar
E quase que morremos, de saudade
 
 
Ficou sem alegria, o coração
Só há palavras escritas, para contar
Toda a dor que sentimos, de verdade
 
 
                        M-I-P                   
 
 
 
 
 
 








publicado por linhaseletras às 22:49
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 03 de Agosto De 2008

Sonho estranho

 
A noite passada tive um sonho tão esquisito que  ainda não parei de pensar nele,  acreditem que até me senti mal , e até fiz um soneto para ficar registado.
 
 
                                 A bola 
 
Sonhei que vivia, sem ter vida
Dentro duma "Bola" sem ter fundo
Ao sair eu tinha medo, do mundo
Na "Bola" eu estava protegida
 
Não sei se era "Bola de Cristal"
Só sei que era muito, esquisito
O sonho não era nada bonito
Só sei que me sentia,  muito mal
 
Porque  será que vivia numa "Bola"?
Que será que significa este sonho?
Que mais parecia um pesadelo,
 
Será que esta vida, nos "Enrola"
E nos mete num sitio tão medonho
E ficaremos  nós, como um "Novelo?"
 
 
 
      M-I-P                          
 
 
 
 
 








publicado por linhaseletras às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

...

 
 
Paixão não é Amor
 
Se olhas, eu tremo de emoção
O teu olhar transmite, felicidade
Amor misturado, com amizade
Tudo junto é um cocktail de Paixão
 
Só o Amor não trás felicidade
Quem o disser por certo está errado
Sabes! Para estares apaixonado
Tens que ter compreensão e amizade
 
Paixão é  fogo que alimenta
Todas as loucuras que fizeres
Roubando muitas vezes a razão
 
Amor é aquilo que aguenta
Amor é tudo o que quiseres
Amor vive mesmo sem Paixão
 
 
                M-I-P 







publicado por linhaseletras às 00:38
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 01 de Agosto De 2008

Memórias

Aqui vai a minha inspiração referente ao dia de hoje.
 
 
 
 
Destino cruel
 
 
 
Já vestiste  o branco da Pureza
Símbolo do Amor e da Alegria
A vida deu mil voltas, e um dia
Tudo chega ao fim, fica a tristeza
 
 
O destino foi cruel e traiçoeiro
Pôs-te entre a espada e a parede                                                    
Saltaste tanta vez, sempre sem rede
Até chegar o momento, derradeiro
 
 
A  sorte te passou uma rasteira
Mas no chão, não chegaste a cair
Foste em frente e venceste a amargura
 
 
 
A vida nos ensina a maneira
De erguermos a cabeça e sorrir
Ir em busca do Amor e da Ternura                                       
 
 
        M-I-P               







publicado por linhaseletras às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
17
18
20
23
25
26
29
30