...

Hoje não consegui escrever nada. Por isso vou recorrer ao meu arquivo das memórias e passar para vós umas quadras escritas , talvez há trinta anos.
                    
 
Mandei a tristeza embora
                  
Adeus ó vida vazia
Bendita seja a  alegria
Que  neste momento sinto                                                              
Quer acreditem ou não
Sinto-a no  coração                                                                         
Podem crer que não vos minto
                   
Mandei embora a tristeza                                                
E tenho quase a certeza
 
Que a alegria vai durar
Se assim não for!Paciência
Chorarei na sua ausência
Até que pense em voltar
                M-I-P                            
Estas quadras foram escritas num dos raros momentos que eu sentia alguma alegria, e aproveitei para a deixar registada, e agora trinta anos volvidos, estou a fazer uma coisa que nunca eu imaginei que pudesse acontecer, que era dar a conhecer um pouco daquilo porque passei, e acredito que muita gente já passou também e que muita gente está a passar. Eu felizmente consegui ultrapassar e hoje sou uma pessoa feliz, e acredito que se passei por isto tudo foi porque assim estava escrito no meu destino, porque também acredito que nada acontece por acaso.
Bem desculpem lá este desabafo mas não sei o que se passou comigo, para escrever isto tudo.
 
 








 

publicado por linhaseletras às 22:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito