Quinta-feira, 31 de Julho De 2008

Companheiros

                                                                
 
                          Lado  a lado
 
 
Quando tu já sentires, cansaço
E os anos começarem, a pesar
Tens meu braço, para te apoiar
Eu vou acompanhar, sempre o teu passo
 
 
Nunca seguirei, á tua frente
Iremos lado a lado, sem ter pressa
Seja o que for, que aconteça
Estaremos juntos para sempre
 
 
Nesta caminhada, pela vida
Seguiremos na mesma direcção
Sem nunca se enganarmos, no caminho
 
 
Fui tirando pedras, e em seguida
Transformei tristeza, em ilusão
E por fim o que sobrou, foi só  carinho
 
 
    M-I-P                          
 








publicado por linhaseletras às 22:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Julho De 2008

...

Hoje não consegui escrever nada. Por isso vou recorrer ao meu arquivo das memórias e passar para vós umas quadras escritas , talvez há trinta anos.
                    
 
Mandei a tristeza embora
                  
Adeus ó vida vazia
Bendita seja a  alegria
Que  neste momento sinto                                                              
Quer acreditem ou não
Sinto-a no  coração                                                                         
Podem crer que não vos minto
                   
Mandei embora a tristeza                                                
E tenho quase a certeza
 
Que a alegria vai durar
Se assim não for!Paciência
Chorarei na sua ausência
Até que pense em voltar
                M-I-P                            
Estas quadras foram escritas num dos raros momentos que eu sentia alguma alegria, e aproveitei para a deixar registada, e agora trinta anos volvidos, estou a fazer uma coisa que nunca eu imaginei que pudesse acontecer, que era dar a conhecer um pouco daquilo porque passei, e acredito que muita gente já passou também e que muita gente está a passar. Eu felizmente consegui ultrapassar e hoje sou uma pessoa feliz, e acredito que se passei por isto tudo foi porque assim estava escrito no meu destino, porque também acredito que nada acontece por acaso.
Bem desculpem lá este desabafo mas não sei o que se passou comigo, para escrever isto tudo.
 
 








 

publicado por linhaseletras às 22:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 28 de Julho De 2008

Regresso de fim de semana

Este fim de semana fui ao Alentejo, como sempre gostei muito se lá passar o fim de semana, e quando regressei, e já bastante cansada, ainda tive  inspiração para escrever este soneto.
Só não o publiquei ontem ainda porque já era muito tarde, então aqui vai , espero que gostem, a mim deu-me um enorme prazer faze-lo.
 
 
 
Cansaço e fantasia
 
Ando viajando, pelo mundo
Quase a dormir, ainda escrevo
Eu quero deitar-me, e não me atrevo
A parar a viagem, um segundo
 
Na minha viagem, vejo  a Paz
Que tanto precisamos, para todos
Vejo alegria e fé a rodos
Por isso acordar, não sou capaz
 
Mesmo embriagada, de cansaço
Vejo uma luz,lá bem no fundo
E sigo caminhando, para ela
 
Entre alguns beijos, e abraços
Houve-se dizer! Que belo o mundo
E alguém gritar! A vida é Bela
 
                          
 
 
M-I-P
 








publicado por linhaseletras às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 24 de Julho De 2008

Estou aqui!

Olá! Mais uma vez aqui estou para publicar um soneto que escrevi esta tarde, espero que alguém leia e goste.Então aqui vai.
 
 
Estou aqui
 
Tantas vezes que eu chamei por ti
Tantas vezes que tu não respondeste
Será que tu não reconheceste
Aquela que sofreu e está aqui
 
Sofri quando por ti  eu procurei
Quando atrás de ti eu fui correndo
Fiquei tão cansada que nem lembro
O que foi por fim que eu encontrei
 
Encontrei na vida alguma Paz
Depois de tanta lágrima vertida
Porque sequei os olhos e fui á luta
 
Agora eu já sei que sou capaz
De ver de outra maneira a minha vida
E sei que tu agora já me escutas
                                                                                                                                               
 
          M-I-P                        
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 








publicado por linhaseletras às 21:26
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 23 de Julho De 2008

Inspiração/2

Cá estou eu para vos deixar mais um soneto, que acabei de escrever, espero que gostem, porque a minha inspiração parece que está a precisar de férias, está a precisar de recarregar baterias, mas cá se vai arranjando alguma coisa para não se perder o ritmo.
Então cá vai.

 

 

 

 

 
 
 
                              
Inspiração
 
 
 
Donde vem a minha inspiração?
Pergunto! Ninguém sabe responder
Será que é preciso, alguém sofrer?
Para passar para os outros emoção?
 
 
Eu sinto emoção, ao escrever
Sinto que estou dando, algo de mim
Não importa quem recebe, e assim
Eu vou dando emoção, e algum saber
 
 
Sinto-me feliz, por alguém ler
Os pobres sonetos, que eu invento
E que são para mim, uma vitória
 
 
Por isso eu não deixo, de escrever
Vou saboreando, este momento
Que é para já,  a minha  história

          M-I-P                                        

 









 

 

 

publicado por linhaseletras às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 21 de Julho De 2008

Lembrando o passado

 
 Olá !Hoje vou publicar umas quadras que fiz há muitos anos, foi logo no inicio de eu começar a escrever, talvez há uns trinta anos.
Só quero dizer que na minha vida  de agora, estas quadras não se encaixam, felizmente, mas já que estão feitas vão ser mostradas que também têm o direito de serem lidas.
Nesta altura eu nem sabia o que eram sonetos, por isso eu escrevia tudo  o que sentia em quadras.
 
Tristeza
               
Ser triste por Natureza
É um dom dado por Deus
E a mim tenho a certeza
Muita tristeza Ele deu
                  
Não tenho medo da morte
Visto que ela é tristeza
Tenho medo sim da sorte
Porque ela traz incerteza
                  
A incerteza na vida
É uma coisa infernal
Mas a tristeza vivida
É um bem que vem do mal
                             
Não me importo de ser triste
Nem conheço a alegria
Não digam que o bem existe
Porque é tudo fantasia
 
 
                 M-I-P                                                                         
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 







publicado por linhaseletras às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 19 de Julho De 2008

Para ti "Joana"

 

 Este "Post" é dedicado á minha neta Joana que faz  hoje quinze anos, parece que foi ontem que ela era tão pequenina e hoje  já é uma "mulherzinha".
Que saudades eu tenho quando ela era pequenina, e estava comigo, mas a vida é mesmo assim, e a olhar para eles vou envelhecendo, e o Amor pelos meus netos sempre crescendo com eles.
Este soneto foi escrito para o Ricardo quando ele fez o mês passado também quinze anos, vou apenas ajustá-lo á medida da Joana.
 
Para a Joana com Amor
 
Para ti mais um ano! que alegria
Para mim mais um a acrescentar
Já são tantos que eu conto sem parar
De pedir por ti a Deus, todos os dias
 
Peço longa vida e muita Paz
Felicidade,  saúde e Harmonia
Para dares á mãe muita alegria
E mostrares aquilo que és  capaz
 
Beijinhos do Avô e da Avó
Que te Amam e Adoram sem cobrança
E desejam para ti prosperidade
 
Na vida tu sabes não estás só
Tenta manter sempre a Esperança
E luta pela tua Felicidade
 
 
              M-I-P                        

Feliz Aniversário





publicado por linhaseletras às 23:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 17 de Julho De 2008

Lembranças de Verão

 

 
 
            Saudades de Verão
 
O Sol beijando a minha pele
Traz-me á memória, a tua boca
Essa ideia vai-me, deixando louca
Tento  sair  mas não posso fugir dele
 
 
O Sol me abraça fortemente
No Mar eu lavo minhas mágoas
No Céu reflectido, em suas águas
Eu vejo espelhado o meu presente
 
 
Presente com algumas fantasias
Mas também com algumas incertezas
Que me deixam inquieto o coração
 
 
Também tenho algumas alegrias
Não se pode viver só de tristeza
Por isso eu vivo a vida com Paixão
 
 
                    M-I-P                                              
 
 








publicado por linhaseletras às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 16 de Julho De 2008

...

               
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Árvore é vida
 
As chamas lambem teus ramos
Que durante muitos anos
Foram teimando em crescer
E alguém sem coração
Não pensa na aflição
Que a árvore sente ao arder
 
Árvores também têm vida
Quantas vezes destruída
Com tanta raiva e vingança
A árvore é tão bela e pura
E faz parte da cultura
E á nossa vida dá esperança
 
Sem árvores a terra morre
Então! despacha-te e corre
Vai salvar a Natureza
Proteje-a das mentes más
E tenta se fores capaz
Conservara essa Beleza
 
 
 
                  M-I-P                                              
 
 
 
 
 
 








publicado por linhaseletras às 22:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 11 de Julho De 2008

Para os meus netos

  Este post hoje é dedicado exclusivamente aos meus netos, que como não podia deixar de ser são as coisas mais importantes da minha vida, assim como as respectivas "Mães", porque eles só existem porque "Elas"também existem, e sendo assim fazem todos parte da minha vida e da minha felicidade.
 
 
 
Por vós! vou até ao fim do mundo
Vou buscar tudo aquilo, que merecem
Espero que vocês, nunca se esqueçam
Que sinto por vocês, Amor profundo
 
Eu vos dava o "Sol," e as "Estrelas"
Se eu pudesse um dia, alcançá-las
Em seguida iria colocá-las
No caminho das criaturas, mais belas
 
Vocês são a razão, do meu viver
Só assim minha  vida ,tem sentido
E até idealizo, alguns projectos
 
Faço tudo para não ver, vocês sofrer
Satisfaço como posso, os seus pedidos
E assim  vivo feliz, queridos netos
 
 
            M-I-P                                           
 
 
 
 
 







publicado por linhaseletras às 21:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
18
20
22
25
26
27
29