Sem tempo

 
 
 
 
 
 
                                  
 
                 Sem tempo
 
             
Sinto-me cansada, e sem saber
Onde está o tempo, que preciso
Penso! Penso até perder o juízo
Quero tempo" Tenho muito que fazer
 
 
O dia é tão curto, para mim
o dobro das horas, já chegava
Mesmo assim, por certo não parava
Só o cansaço, poderá ditar o fim
 
 
Eu não consigo, estar quieta
E até descanso, a trabalhar
Saboreando os minutos, de prazer
 
 
Em mim há sempre uma porta aberta
Esperando alguém, que queira entrar
E me ajude no que tenho que fazer
 
 
 
 
  M-I-P                                                     
 
 








publicado por linhaseletras às 00:29
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito