Loendros

 
 
 
 
 
                                             Loendros
 
 
Chego á janela, olho o jardim
Que na minha frente, floresceu
Flores brancas, cor-de-rosa, cor do-céu
Todas elas sorrindo, para mim
 
 
Exalando seu perfume, natural
Fazendo um cocktail, de odores
Toldando meus sentidos, as flores
Belas, lindas, como nunca vi igual
 
 
Loendros e alfazema, floridos
Dão assim beleza, e alegria
Á rua solitária, já sem história
 
Flores que enfeitam, e dão sentido
Á vida sempre igual,dia a dia
E que vou guardando, na memória
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Visitem o blog que nasceu hoje, e que se chama.
Patacuriosa blogs. sapo.pt, que vai servir para publicar alguns dos meus trabalhos
 
 
 
 
 
publicado por linhaseletras às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito