Domingo, 17 de Fevereiro De 2008

Amar

Que dia de inverno! Mas eu gosto deste
tempo, dá-me inspiração e tem muito a ver comigo
Nestes versos de hoje vai mais um pouco de mim e daquilo que eu sou na realidade, e que durante muitos anos guardei só para mim e que agora estou a soltar para fora, e sinto-me aliviada, porque sofrer em silêncio deixa-nos muito amargas de mal com a vida, e eu detesto estar de mal com a coisa mais valiosa que tenho, porque só vivendo posso Amar.
Eeu tenho muito para Amar, tenho as minhas filhas, os meus netos,os meus sobrinhos. o meu irmão e o meu marido e acima de tudo Amar-me a mim própria porque só assim posso Amar os outros, e claro Amar toda a gente que me rodeia.
Mas já chega de lamechices vamos aos versos.
    
Partilha
                   
Passei a vida sofrendo
E a escrever o que sentia
E aos poucos ia morrendo
Sem saber porque o fazia
                         
Guardar para nós o saber
Não é um bom sentimento
Agora estou dando a ler
Aquilo que vai cá dentro
                    
Ainda há muita tristeza
E também alguma dor
Mas também tenho a certeza
Quem venceu! Foi o Amor
                                                                                                                                                                                                                                                          
O Amor é o herói 
Da minha vida vazia
Ás vezes ainda dói
Mesmo fingindo alegria
                 
Até amanhã         para todos                 M-I-P                                                         
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 18:22
link do post | comentar | favorito

Pensamento

Já é muito tarde!Mas não me podia ir deitar sem vir aqui deixar uns versos  para vocês, então aqui vai.
                  
Pensando em ti
                        
Pensando em ti acordei
A pensar passei o dia
Pensando no que serei
Sem a tua companhia
                      
São muitos anos vividos
Muitas horas muitos dias
E mais ou menos sofridos
Com algumas alegrias
                                
Muitos tormentos passados
Muitas horas de agonia
Mas serão sempre lembrados
Com alguma nostalgia
                       
Desse Amor e desse afecto
As nossas filhas nasceram
E agora os nossos netos
Nossas vidas preencheram
 
                                                                                                                                                             
Até amanhã        para os visitantes do blog 
 
 
 
M-I-P
                                                                                                                                    
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 00:38
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro De 2008

Libertação

  Boa noite a todos!Hoje não vou falar quase nada, vou apenas partilhar convosco uns versos que fiz esta tarde.
 
              
Libertação 
                              
Minha sorte não deixou
Que eu tivesse juventude
Mesmo assim eu aqui estou
E fiz aquilo que pude
                          
Tive a vida bloqueada
Durante anos a fio
Não podendo fazer nada
Para encher esse vazio
                        
Consegui a libertação
Anos e anos depois
Encontrei a solução
E o melhor para nós dois
              
Compreenção e carinho
Foi o remédio que achei
Para seguir meu caminho
E Amar quem sempre Amei
                 
  
   M-I-P                                                                                                                      
  Por hoje chega     para quem me visitar 
 
                 
 
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 22:23
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Fevereiro De 2008

O passado já não volta

  Ol à como passaram o dia dos namorados? espero que tenha sido muito bem passado , cheio de Amor e muitos carinhos, que é uma coisa que mesmo abusando não faz mal à saúde .
Hoje vou escrever uns versos que também podem ter a ver com este dia, porque me faz lembrar tempos passados e longínquos  ,vamos ver se gostam.
                       
Saudades do passado
                      
Tenho saudades dos dias
Em que só pensava em ti
Sabendo que tu não querias
Nem afastar-te de mim
                     
Ao meu lado  tu passavas
Todo o tempo que podias
A dizer que me amavas
Que sem mim não viverias
                    
Mas o tempo foi passando
E a Paixão foi embora
Infeliz eu fui ficando
Lembrando o tempo de outrora 
                       
Só peço que no final
J à velhinhos e cansados
Lembraremos um sinal
Que nos recorde o passado
  
                               
Por hoje chega,
 até amanhã                                                                                            M-I-P                                                        
 
                                                                                                                                                                                                             
                                                                                                       
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 13 de Fevereiro De 2008

Dia dos namorados

Boa noite! Cá estou eu de novo para escrever mais uns versos, hoje como não podia deixar de ser, vão ser dedicados aos namorados, e a este dia que foi inventado para o comércio ter mais algum movimento, já que  as vendas estão muito por baixo, e assim pode ser que mexa alguma coisa.

Mas de qualquer maneira eu acho romântico, no meu tempo não se falava muito neste dia por isso nunca tive presentes  relacionados com esta data, porque também «a minha cara -metade» nunca foi dessas coisas com muita pena minha, mas não é de mim que eu quero falar, por isso vamos ao que aqui me trouxe.

Espero que gostem.

 

Ama

                                     

Ama e deixa-te Amar

Vive e deixa viver

Só assim vais encontrar

Paz no fundo do teu Ser

                      

O segredo no Amor

É estar sempre a namorar

Para manter o calor

Para a chama não se apagar

                         

No dia doa Namorados

Usa o teu coração

Se não estiver ocupado

Arranja-lhe  uma Paixão

                                                                                                                                           

                     

O A mor dá alegria                                                                                         

Mesmo nas horas mais duras

Para lutar no dia a dia

Contra tantas amarguras

 

                      

Até amanhã e um bom dia dos namorados   M-I-P

                                                                                                                                                                                

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por linhaseletras às 23:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro De 2008

Amor á primeira vista

Ol á !Boa noite, aqui estou eu no meu canto a passar para o blog  aquilo que me veio á cabeça, e que como de costume vou partilhar convosco.   Est á a aproximar-se o dia dos namorados e o Amor anda no ar, por isso aqui vão uns versos que falam de Amor como não podia deixar de ser, espero que gostem.

 

Antes de ti

 

 

Olhei! mas não sei se vi

Aquilo que queria ver

Mas foi olhando para ti

Que comecei a viver

 

Antes de ti não vivia

Nem sabia o que era Amar

Hoje sem ti morreria

De tristeza e de pesar

                                                                                                                                                     

Quem me dera eu puder

Mandar no meu coração

Mandava embora o sofrer

Ficava só a Paixão

 

Só com Amor sei viver

Sem Amar é uma tortura

E foi por te conhecer

Que conheci a ternura

 

Até amanhã                    M-I-P    

 

 

 

 

  

 

                                                                                                      

publicado por linhaseletras às 23:14
link do post | comentar | favorito

Aguenta coração

Olá hoje vou só escrever uns versos que fiz há pouco tempo, não me apetece falar e também já é muito tarde.

                

Coração com defeito

                 

Meu coração está em saldo

Não deixem de adquirir

Está um pouco avariado

Só sabe chorar ! não rir

                              

Quando o comprei estava em alta

Não havia promoções

Agora o que lhe faz falta

É sentir as emoções

                      

A chorar sente-se bem  

Não o consigo acalmar

Está esperando alguém

Para ter a quem amar

                       

Quem espera desespera

Diz o povo e com razão

Mas continuas á espera

Da tua grande Paixão

                  

Até amanhã                              

                     M-I-P   

sinto-me:
publicado por linhaseletras às 00:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Fevereiro De 2008

Manto florido

  Ol á c á estou eu de novo para  falar um pouco convosco, hoje vou falar-vos do meu Alentejo.
Fui passar o fim de semana ao Alentejo e quando ia na viagem vi um espect á culo maravilhoso que eu j á conheço muito bem, mas que hoje vou partilhar com vocês.
J á perto da minha terra os campos estão cobertos de flores brancas ou de outras cores também, formando um tapete lindo, que apetece ficar a olhar tempo sem fim, para podermos trazer a alma cheia de beleza e calma para combatermos a nossa rotina cinzenta , e apressada sem tempo para nada, uma correria desenfreada para chegarmos a lado nenhum.
E tanta beleza inspirou-me e escrevi estes versos que vou dedicar a todos os Alentejanos que visitarem este blog e também para todos que não sendo do Alentejo possam passar por aqui também, aqui  vão com os meus agradecimentos desde j á.
     
 
Tapete de flores
             
Um tapete de beleza
Se estende branco no chão
É um hino á Natureza
Que eu olho com emoção
                 
Um tapete de flores brancas
Estende-se ao longo da estrada
Duma beleza que encanta
Minha alma apaixonada
                  
Debaixo do arvoredo
Malmequeres são aos milhares                                                   
Vão desvendando segredos
De quem os for desfolhar
                   
Azinheiras e sobreiros
Pendem seus ramos pró chão
Para olharem sorrateiros
P'ra tão bela aparição
Por hoje chegapara  os meus visitantes.
                                                                                                        M-I-P
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 21:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 08 de Fevereiro De 2008

Noites de luar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Boa noite! C à estou de novo no meu cantinho a falar convosco e a escrever o poema do dia para vos oferecer.

Vou falar muito pouco porque estas imagens dizem mais que as minhas palavras todas juntas, então aqui vai.

 

Noites de luar

 

Atr à s das nuvens escondida

Espreita a lua envergonhada

Dando alguma luz à vida

Daqueles que não têm nada

 

Traça sombras! Cria medos

Por entre as arvores sombrias

E desvenda os segredos

De algumas vidas tardias

 

Lua tu és companheira

De muita gente sem sorte

Quantas vezes altaneira

Espias a vida e a morte

 

Mas também d à s a beleza

Ás noites enluaradas

Afastas toda a tristeza

Das almas mais perturbadas

 

Espero que gostem ,eu agora não consigo ver quantas pessoas me visitam porque fiquei tempor à riamente sem contador, mas tenho a certeza que algumas irão ver.

Para essas vai um 

 

                                                                                                                          

 

                                           

                                                                 

 

 

Uma brincadeira fantástica ,adorei estes bonecos. Um  para a minha filha que fez o favor de mos mandar.

Até amanhã se Deus quiser

 

                                                       M-I-P

 

 

 

 

                                                                                                                                                            

                   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por linhaseletras às 22:17
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 07 de Fevereiro De 2008

Viver sonhando

 Hoje estou muito aborrecida com a NET » está sempre a falhar

 levo imenso tempo a fazer qualquer coisa por isso não vou falar muito vou já passar ao poema do dia, este foi escrito esta tarde ainda está fresquinho.

                  

Sonho

                     

Navegando pelo sonho

Descobri a realidade

Nem sabes como é medonho

Descobrir-mos a verdade

                      

Sonhos nem sempre são belos                                                                                          

E eu posso comprovar

Ás vezes são pesadelos

E acordamos a chorar

                      

Sonhar acordada ! Sim

Porque posso comandar

E o sonho chega ao fim

Como eu idealizar

                         

   Qs sonhos são fantasia

Mas continuo a sonhar

Sem sonho! a vida seria

Uma noite sem luar

              

Continuem sonhando, porque a vida está tão má, que só em sonhos podemos ter aquilo que a que temos direito

 

                                                                          Um para todos os visitantes   M-I-P

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por linhaseletras às 22:01
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
16
20
25
27
28