PALAVRAS SOLTAS

Cá vou eu alimentar mais uma vez o espírito ,hoje vou agradecer ao Luis  Correia por me ter

ensinado mais umas coisas,e também á Fernanda que tem sido uma boa amiga e já aprendi

muito com ela , e quero aprender muito mais ainda.

Eu não me canso de aprender só tenho pena de não ter mais tempo  para fazer aquilo que

gosto  .Mas hoje estou mais contente porque já tive mais de trinta pessoas a visitar-me

 não fazia ideia que havia gente para ler  as minhas coisas, por isso vou publicar mais dois

poemas, e dedica-los a todos os que por aqui passarem e pararem a ler os meus

»desabafos»,um grande  XI Para todos

Aqui vaõ eles 

 

 

E busca da paz

              

Procurei-te mas em vão

E no meio da solidão

Vi que te tinha perdido

O que queres tu que eu faça

P'ra fugir desta ameaça

Duma vida sem sentido

             

Não posso viver sem ti

Pois a vida que eu escolhi

Foi para passar a teu lado

Não esqueças o que passou

E pensa no que ficou

Que o passado é já passado

               

Finalmente te encontrei

Infeliz não mais serei

E já deixei de sofrer

Apesar de estar cansada

Não vou pensar em mais nada 

E vou voltar a viver

              

 

VAMOS AO ULTIMO DE HOJE

Cansaço

                 

Sinto um tremendo cansaço

A invadir o meu Ser

Que já nem sei  o que faço

P'ra continuar a viver

              

Vivo a vida  dia a dia

E  já nem faço projectos

Apenas tenho a alegria

De ver crescer os meus netos

                 

A vida passa apressada

Nem quase se dá por ela

Não temos tempo para nada

 Mesmo assim! Vida és tão Bela

                 

Lá muito longe no tempo

A vida passou-me ao lado

Mesmo assim não me lamento

Mas não esqueço o passado

 

Por hoje chega   

 

publicado por linhaseletras às 22:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito