Manto florido

  Ol á c á estou eu de novo para  falar um pouco convosco, hoje vou falar-vos do meu Alentejo.
Fui passar o fim de semana ao Alentejo e quando ia na viagem vi um espect á culo maravilhoso que eu j á conheço muito bem, mas que hoje vou partilhar com vocês.
J á perto da minha terra os campos estão cobertos de flores brancas ou de outras cores também, formando um tapete lindo, que apetece ficar a olhar tempo sem fim, para podermos trazer a alma cheia de beleza e calma para combatermos a nossa rotina cinzenta , e apressada sem tempo para nada, uma correria desenfreada para chegarmos a lado nenhum.
E tanta beleza inspirou-me e escrevi estes versos que vou dedicar a todos os Alentejanos que visitarem este blog e também para todos que não sendo do Alentejo possam passar por aqui também, aqui  vão com os meus agradecimentos desde j á.
     
 
Tapete de flores
             
Um tapete de beleza
Se estende branco no chão
É um hino á Natureza
Que eu olho com emoção
                 
Um tapete de flores brancas
Estende-se ao longo da estrada
Duma beleza que encanta
Minha alma apaixonada
                  
Debaixo do arvoredo
Malmequeres são aos milhares                                                   
Vão desvendando segredos
De quem os for desfolhar
                   
Azinheiras e sobreiros
Pendem seus ramos pró chão
Para olharem sorrateiros
P'ra tão bela aparição
Por hoje chegapara  os meus visitantes.
                                                                                                        M-I-P
sinto-me:
publicado por linhaseletras às 21:53
link do post | comentar | favorito