Noites de luar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Boa noite! C à estou de novo no meu cantinho a falar convosco e a escrever o poema do dia para vos oferecer.

Vou falar muito pouco porque estas imagens dizem mais que as minhas palavras todas juntas, então aqui vai.

 

Noites de luar

 

Atr à s das nuvens escondida

Espreita a lua envergonhada

Dando alguma luz à vida

Daqueles que não têm nada

 

Traça sombras! Cria medos

Por entre as arvores sombrias

E desvenda os segredos

De algumas vidas tardias

 

Lua tu és companheira

De muita gente sem sorte

Quantas vezes altaneira

Espias a vida e a morte

 

Mas também d à s a beleza

Ás noites enluaradas

Afastas toda a tristeza

Das almas mais perturbadas

 

Espero que gostem ,eu agora não consigo ver quantas pessoas me visitam porque fiquei tempor à riamente sem contador, mas tenho a certeza que algumas irão ver.

Para essas vai um 

 

                                                                                                                          

 

                                           

                                                                 

 

 

Uma brincadeira fantástica ,adorei estes bonecos. Um  para a minha filha que fez o favor de mos mandar.

Até amanhã se Deus quiser

 

                                                       M-I-P

 

 

 

 

                                                                                                                                                            

                   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por linhaseletras às 22:17
link do post | favorito