Monentos de Solidão

 

 

Momentos de Solidão


Sinto este nó na garganta,

E tenho esta dor no peito,

Desta saudade que é tanta,

Que não tem forma nem jeito.


É no silêncio e sozinha,

Que eu procuro compreender,

Esta dor que é só minha,

E não me deixa viver


Não sei que nome lhe dou,

A esta estranha sensação,

Não estou bem onde estou,

E vivo nesta aflição


Estou a ficar sem motivo,

Não sei que rumo seguir

Só me sinto bem contigo

Sem ti não sei para onde ir


M. I. P

 

publicado por linhaseletras às 20:53
link do post | favorito