OLHARES

Olá cá estou eu novamente ontem passei o serão a tentar meter fotos no  sapo mas ainda não fui capaz, mas vou tentar novamente.

Hoje não tenho muito para falar vou apenas escrever uns versos que tenham alguma coisa a ver com estas imagens. Aqui vão eles    

 

 O teu olhar

                

Se amar assim é pecado

Então serei castigada

Que é muito do meu agrado

Sentir-me por ti amada

               

A rezar pedi a Deus

Para conservar teu Amor

Para nunca dizer adeus

E nunca sentir a dor

                     

Esse teu olhar tão terno

Que enche o meu coração

Faz duma noite de inverno

Um dia em pleno verão

                   

Podes mentir com a boca

Quando comigo falares

Eu não sou assim tão louca

Sei que não mente o olhar

                 

Este poema tem mais de 30 anos

 

M-I-PATA

 

publicado por linhaseletras às 22:19
link do post | comentar | favorito