O Caos

 
 
 
Natureza em fúria
 
De que serve o mundo andar em guerra,
De que serve o Ser Humano ser tão mesquinho,
E pensar que no mundo está sozinho,
E que pode ser o dono desta terra.
 
Não se iluda o "Homem" por pensar,
Que é o dono de todo o "Universo"
De tudo o que nele anda disperso,
E que num piscar de olhos pode acabar.
 
A terra que treme e tudo engole,
Trazendo a desgraça e o desalinho,
E faz desaparecer tanta beleza.
 
A água que  deixa a terra mole,
Arrasta o que encontra no caminho,
Mas ninguém pode parar a Natureza.                                                  
 
                   M-I-P
 








publicado por linhaseletras às 23:16
link do post | favorito