A minha Janela

 
 
 
A minha Janela
 
 
Eu chego á janela do meu sonho,
E perco o olhar no arvoredo,
E ali eu perco todo o meu medo,
E acho que o meu mundo é bem risonho.
 
Basta o pensamento positivo,
E pensar que o mal não dura sempre,
E ter no coração sempre presente,
Que na vida tem de haver um objectivo.
 
O meu objectivo é cá deixar,
Pedaços de mim em cada rima,
Para serem lidos com ternura.                                                                   
 
Por isso é que escrevo sem parar,
É esse pensamento que me anima,
E afasta de mim esta amargura.
 
 
    M-I-P
 








publicado por linhaseletras às 00:06
link do post | favorito