O fim

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mais uma grande amiga que "partiu" e me deixou com o coração despedaçado, pela "partida" e também pelo sofrimento  que  esteve sujeita durante algum tempo, que Deus a ponha num cantinho e lhe proporcione o descanso a que tem direito.
Até um dia querida amiga.
Este soneto foi escrito a pensar  em quem cá ficou sofrendo com a saudade e a dor  da sua ausência.
 
 
 
O fim
 
A única certeza que nós temos,
Assim que chegamos a esta vida,
É que vai haver uma partida,
Em que tudo acaba e nós morremos.
 
Toda a gente sabe que é assim,
Mas nunca se aceita a decisão,
Ninguém encontra uma razão,
E parece que o mundo chega ao fim.
 
Primeiro vem a dor que dilacera,
Desfaz o coração em pedacinhos,
E deixa a escuridão na nossa vida.
 
Quem fica, ainda fica á espera
Da dor ser abafada com carinhos,
E assim encontrar uma saída.
 
 
 
                    M-I-P
publicado por linhaseletras às 23:22
link do post | favorito