CURIOSIDADE

Olá cá estou eu de novo a passar para o blog o que me vai na alma, hoje vai ser um tema completamente diferente do habitual, já estou a ficar menos triste , e a minha veia poética mudou de rumo.
Hoje saltaram para o papel estas palavras que vou transcrever que nem sei como foi que  aqui vieram parar ,mas já que vieram aqui vão elas,vou partilhá-las convosco.
 
 
 
                 Saber
Eu quero descobrir ! o descoberto
Aquilo que os outros já descobriram
Quero pelo menos estar por perto
E sentir o que eles já sentiram
                                                                                                
Eu quero ouvir os teus gemidos
Eu quero beijar a tua boca
Quero perder-me nos teus sentidos
Nem que para isso eu fique louca
                     
Ensina-me tudo o que souberes
Sabes que aprendo! e quero mais
Eu quero tudo o que tu queres
E também vou onde tu vais
                     
Sou curiosa! mas tenho pena
De não ter tempo para aprender
E conhecer quem me condena
Só porque quero!Saber! Saber
                      
Estes versos foram escritos ontem á noite, tinha-me acabado de deitar e vim a correr  escrever, porque o primeiro verso surgiu quando cheguei á cama,porque a inspiração não escolhe hora nem sítioe tem que se aproveitar porque nem sempre há.
Espero que alguém goste.Mas mesmo que não gostem eu continuo
 a escrever porque isto é uma terapia para mim e um escape para o stresse.
 
                                                     
                                                                                      
publicado por linhaseletras às 11:37
link do post | comentar | favorito