O tempo não pára

 

 
 
O tempo não pára
 
Caem dos meus olhos gotas de água,
Quando a partida se aproxima,
Mas eu tento afastar bem lá para cima,
Aquilo que me causa tanta mágoa.
 
É a solidão que sinto agora,
E me invade a alma até ao fundo,
É saber que não mando neste mundo,
E tudo o que se tem se vai embora.
 
Esqueci quando fiz os meus projectos,
Que tudo o que é pequeno vai crescer,
E vai seguir seu rumo seu caminho.
 
Pensei ter aqui sempre os meus netos,
Bem perto de mim para eu puder,
Sentir a sua alegria e o seu carinho
 
 M-I-P
 
publicado por linhaseletras às 23:16
link do post | comentar | favorito