Rosa brava

 

 

 

 

 

Rosa brava

 

 

 

Vês aquela rosa pequenina,

Que dentro do silvado floresceu,

Foi picada pelos espinhos mas venceu,

E está a olhar o mundo lá de cima.

 

Posso ser pequena como a rosa,

E ter como a rosa alguns espinhos,

Espreitar em valados e caminhos,

Mas acho sempre a vida generosa.

 

A vida é bela acredita,

Quem pensa o contrário está errado,

E quase que desiste de viver.

 

Como a rosa brava tão bonita,

Que vive tão feliz lá no silvado,

E quase que se esquece o que é  sofrer.

 

 

 Birdie   M-I-P





publicado por linhaseletras às 00:23
link do post | comentar | favorito