Desânimo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Desânimo

 

 

Afinal quem sou eu!Ando perdida,

Tentando encontrar o meu caminho,

Nesta confusão e burburinho,

Tenho de encontrar uma saida.

 

Tudo o que eu era se esfumou,

Se espalhou no tempo e foi embora,

Mas eu não desisto assim!E agora,

Tenho de aproveitar o que ficou.

 

Eu vou fazer tudo o que puder,

Vou apanhar os cacos e guardá-los,

Para depois contar a minha história.

 

Seja como for eu vou escrever,

Pegar nos pedacinhos e colá-los,

Para preservar minha memória.

 

 

   Butterfly watching  M-I-P  

 

 

 

 





publicado por linhaseletras às 20:32
link do post | comentar | favorito