Os segredos do vento

 
 
Os segredos do vento
 
 
O zumbido do vento na folhagem,
Faz despertar em mim os meus sentidos,
Imagino o som como  gemidos,
Deixados sem destino na passagem.
 
São ecos deixados no caminho,
Que ficam tão perto e tão distantes,
São como sussurros dos amantes,
Sedentos de Paixão e de carinho.
 
As folhas baloiçam com o vento,
Que as beija e as abraça com ternura,
Deixando em cada uma um sinal.
 
Ao vê-las fica em mim este lamento,
E lembro como esta vida é dura,
E nos torna tão amargos como o Sal.
 
 
 Thanksgiving Falling Leaves                     M-I-P
 
 






publicado por linhaseletras às 22:40
link do post | comentar | favorito