Luz da minha vida

Boa noite, aqui está o motivo porque ando a publicar menos, é que para fazer uma coisa não tenho tempo para a outra, e vou continuar a fazer mais ,vou começar outra já para a semana que vem, eu gosto muito de trabalhos manuais e quando começo é muito dificil parar, mas vou fazendo tudo o que gosto com algumas restrições.
Precisava de mais tempo, mas como não é possivel tenho de ir esticando o pouco que tenho.
Agora vou deixar-vos um soneto que fui fazendo aos poucos.
 
Luz da minha vida
 
Da ponta  dos meus dedos nasce a luz,
Que ilumina  os versos que eu escrevo,
 Ás pequenas coisas dá relevo,
E é ela que me guia e me conduz.
 
Conduz os meus passos pela vida,
Ás vezes tortuosa e tão banal,
Deixando um travo amargo como o sal,
Mas indicando sempre uma saida.
 
Ténue  é a luz que lá ao fundo,
Indica que há ali uma passagem,
E me diz para ir na  sua direção.
 
Devagar eu caminho pelo mundo,
Encontro a minha força e a coragem.
E o Amor que me enche o coraçao.
 
    M-I-P
publicado por linhaseletras às 21:42
link do post | comentar | favorito