Inferno

 

Inferno

 

 

O Céu deixou de ter a cor azul,

Apenas o cinzento predomina,

Para nos fazer lembrar a triste sina,

Deste nosso País de Norte a Sul,

 

O Inferno desceu até á terra,

Trazendo atrás de si destruição,

Muito desespero! Tanta aflição,

E toda a maldade que "Ele" encerra.

 

Nada é poupado na passagem,

Tudo é engolido pelo fogo,

Até o ser Humano não escapa.

 

Mas dá para ver quanta coragem,

Que força para lutar tem este povo,

Contra este monstro que o mata.

 

   M-I-P









publicado por linhaseletras às 21:21
link do post | comentar | favorito