Longe do Mundo

 
 
 
 
 
Longe do Mundo
 
 
 
Sábado á noite!  Vinte horas, começa o "Tele jornal" com uma noticia que é uma "Bomba".
Até o "Pivô" ficou quase sem fala, e deu a noticia como se fosse a ultima coisa que fizesse na vida.
................Senhores ouvintes, chegou-me ás mãos esta noticia que vou transmitir, e peço que escutem com muita atenção porque é grave, e ao mesmo tempo "assustadora".
..........É o seguinte: A partir das zero horas de hoje, e até ás zero horas de amanhã, vamos ficar  sem acesso a todos os meios de comunicação: Telefones , Internet, TV,Rádio, e tudo o que nos ligue ao mundo exterior.Pedimos muita calma e cada um passe estas vinte e quatro horas da melhor maneira possivel.
................Acabou a noticia de ser dada e já havia quem estivesse em "pânico"
............Antes de chegar a meia-noite a minha neta Joana ligou-me muito assustada, e quase a chorar disse-me: Minha Avó ouviste esta noticia? Vamos ficar isoladas do resto do mundo, o que é que achas que vai acontecer?
Eu com a minha calma habitual  sosseguei-a dizendo-lhe.
...............Queres vir para a minha casa amanhã e passares cá o dia comigo?.
............Quero sim minha avó, de qualquer maneira não posso fazer nada, ao menos não estou aqui sozinha com a minha mãe, e ela assim aproveita e descansa todo o dia!
...Então eu disse-lhe : Sabes Joana o dia de amanhã é igual aos outros, não tenhas medo que não vai acontecer nada de mal.
...Avó de qualquer maneira eu vou ter contigo, diz ao avô que me venha buscar,
..........No outro dia de manhã, pouco depois de me levantar, o meu marido foi buscar a Joana, que estava muito nervosa, porque não podia mandar mensagens, nem ir á NET falar com os amigos, assim que chegou a minha casa tratei logo de a pôr bem disposta, com um bom pequeno almoço, onde nós os três comemos e conversamos em vez de olhar para a televisão com fazíamos todos os dias.
...........Depois fomos dar um passeio pelo calçadão que há muito não íamos por falta de tempo e porque  havia E- emails para enviar e tinha de se ver o programa que estava a dar na TV e não se podia perder nenhum episódio.
.............Andámos quase duas horas, brincámos fizemos umas corridas e rimos bastante , como há muito tempo não riamos.
..............Chegámos a casa tão cansados que fomos logo almoçar, bebemos a nossa "bica"
e fomos descansar um pouco, e para não estarmos sem fazer nada jogámos ás cartas os três.
......Nem por um momento sentimos a falta da televisão.Depois  a minha neta perguntou-me com seria viver sem as coisas a que estávamos habituados todos os dias.
 Eu respondi-lhe que é muito fácil, e tentei explicar-lhe que eu vivi sem essas coisas e vivia feliz na mesma.
Por exemplo: quando não havia tv os serões eram passados em família, as pessoas conversavam, falavam do dia que tinham passado, e combinavam o que iam fazer no dia seguinte.
Agora cada um vai para seu lado ,ninguém conversa com ninguém, o Pai vê  futebol  na sala, a mãe vê a novela na cozinha e os filhos vão para o quarto para o computador.
............Joana tu achas que isso é saudável e é bom para a família?
Quando eu era pequena, as noites eram passadas á lareira,com  os meu pais a contarem histórias ou então o meu Pai a ler para nós, os tempo eram outros , eu sei! mas as famílias eram muita mais unidas.
............Depois desta conversa toda, olhei para o relógio e eram onze e meia, e disse para a minha neta! Está quase a acabar o castigo, já podes ir buscar os telemóveis que já falta pouco para regressares ao mundo outra vez.
.............Mas em vez de ir buscar os telefones, ficou ao pé de mim e do avô a conversar e a dizer: Sabes avó agora eu sei que esta tecnologia toda não me dá tanto prazer com me dá a vossa companhia, e as mensagens não são tão importantes como  foram todas as palavras que dissemos hoje, e mais ainda! Não senti falta  dessas coisas que  hoje nos foram proibidas, de vez em quando podia haver um dia  como este, talvez despoluísse o planeta de tanta coisa que há em excesso.
...........Então eu perguntei se o dia tinha custado a passar, e chegámos á conclusão que apenas tivemos mais tempo para fazer coisas que habitualmente não tínhamos, e o resto foi igual.
.Com vêem não foi nada difícil passar um dia longe do mundo.
 
Texto escrito para :    http://blogs.sapo.pt/stc/fckeditor/editor/plugins/flipspellcheck/%3Cspan%20name=">http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/">http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/
 
 

 

publicado por linhaseletras às 00:47
link do post | comentar | favorito